Arquivo da categoria: .

Campanha de vacinação contra febre Aftosa é lançada

Campanha de vacinação contra febre Aftosa é lançadaO Estado do lançou na manhã de hoje, às 10 horas, na Fazenda Vale do Boi, município de Carmolândia, em comemoração aos 16 anos sem febre Aftosa a primeira fase da campanha contra a doença neste ano, que teve como tema “Tocantins sem febre aftosa: É na raça que a gente mantém essa conquista”. Todos os bovídeos do Estado devem ser vacinados até o dia 31 de maio, totalizando mais de 8 milhões de animais.

Durante o lançamento, que contou com a presença de autoridades, foram entregues 17 caminhonetes, oriundas de parceria entre Ministério da Agricultura e Governo do Estado. Os veículos devem ser utilizados pela Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) para reforçar o serviço da defesa sanitária e fiscalização do rebanho. Só no município escolhido para o lançamento existem 76 propriedades rurais e 134 produtores rurais.

Mais informações na versão impressa de amanhã do Jornal do Tocantins.

http://www.jornaldotocantins.com.br/20130504124.176963#04mai2013/economia-176963/estado_-_campanha_de_vacinacao_contra_febre_aftosa_e_lancada

Difusão de tecnologias de produção abre perspectiva para pecuária no TO

tecnologias-de-producao-pecuaria-feicorte-tocantins-2013Trinta anos atrás, quando Epaminondas Andrade chegou ao Tocantins, sentia que a pecuária do estado era mais pujante. Na última década, no entanto, o produtor rural percebeu essa euforia esmorecer constantemente. Cultivos agrícolas como a cana de açúcar e especialmente a soja tomaram as áreas anteriormente dedicadas à criação bovina e os preços estagnados do mercado da carne desencorajaram e descapitalizaram muitos pecuaristas da região.

“É claro que isso não é um problema só no Tocantins”, salienta. “Mas o fato é que estamos produzindo 4 ou 5 arrobas por hectare/ano e para ter lucro seria preciso produzir 15”. Para Andrade, que trabalha com a venda de genética bovina, a solução está na disseminação de novas tecnologias de produção e de boas práticas de manejo e gestão, especialmente para pastagens. Isso porque o produtor no Norte acostumou-se com a fertilidade natural do solo da Zona da Mata. “Não dá mais para agir como garimpeiro e só tirar do solo”, critica. “Temos que trabalhar com a adubação e correção. Eu trato a pastagem como uma lavoura de capim, que eu colho com a boca do boi”.

Para o vice-presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Tocantins (FAET), Paulo Carneiro, produtores como Epaminondas Andrade ainda são exceções. “A pecuária no estado tem muito que se desenvolver. Nosso produtor não é empresário rural, ainda é muito amador. Ele precisa tratar a fazenda como um comércio e investir para ter maior ganho de carcaça e produtividade”. Demanda existe, principalmente no mercado interno. Mesmo com um rebanho de 8 milhões de cabeças, Tocantins depende da produção de estados como Mato Grosso e Goiás para atender quase 50% da demanda dos 13 frigoríficos em atividade no Estado.

EVOLUÇÃO DA PECUÁRIA
As mudanças trazidas pelo investimento em tecnologias, no entanto, já podem ser percebidas pelos que acompanham passo a passo o avanço da pecuária no estado ao longo dos anos. Em atividade há quase três décadas em Tocantins, o leiloeiro rural Eduardo Gomes relata que a evolução é visível. “Os leilões são uma vitrine do estágio do rebanho e posso dizer que houve uma inversão. Na época havia uma minoria de animais bons nos leilões, mas hoje é exatamente o contrário”. Para ele, ainda que deficiente em vários pontos, Tocantins tornou-se referência para criadores de gado de corte de diversos estados devido à prática de uma pecuária a pasto, com gado adaptado e saudável. Desde 1997 a região é livre da febre aftosa e mantém 99% do rebanho vacinado.

Nos dias 6 e 7 de maio, a cidade de Palmas, no Tocantins, vai receber uma das etapas do Circuito Feicorte NFT 2013, uma iniciativa do Agrocentro, que realiza todos os anos a Feira Internacional da Cadeia Produtiva da Carne em São Paulo, em parceria com a NFT Alliance (união estratégica entre MSD, Nutron e Vale). A feira trará uma rodada de negócios com mais de 30 empresas, além de palestrantes e expositores de destaque na pecuária brasileira para promover a difusão de novas tecnologias de manejo. Para Gomes, que vai realizar um leilão virtual durante o circuito, receber um evento como este pela primeira vez ao estado é um divisor de águas. “Eu vejo a chegada da Feicorte como o mais importante evento já ocorrido no estado e na região Norte. É um privilégio para o produtor e um salto gigantesco em termos de conhecimento, informação, sistemas de produção, de adequação ao mercado e de perspectivas do futuro”.

Paulo Carneiro, da FAET, enxerga o evento como uma oportunidade de prospecção de parcerias para projetos. “Hoje não temos a infraestrutura adequada no estado para a pecuária, mas se abrirmos os olhos e ampliarmos os horizontes dos produtores rurais, poderemos ter uma grande virada de um ano para o outro”, estima. Epaminondas Andrade defende novas propostas e inovações que o circuito possa trazer e sabe que é questão de tempo até que elas se consolidem. “Quem não mudar, não vai continuar na pecuária”, finaliza.

http://ruralcentro.uol.com.br/analises/difusao-de-tecnologias-de-producao-abre-perspectiva-para-pecuaria-no-to-3462

Vale do Boi estará no IX Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal

Ricardo José de AndradeNa próxima quinta-feira, 21 de Junho as 15:00s, o Zootecnista Ricardo José de Andrade, gerente responsável pelo rebanho Nelore da Fazenda Vale do Boi, estará ministrando a palestra “Os benefícios dos avanços do Melhoramento Genético de Bovinos de Corte na visão do empresário rural.” durante o IX Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal em João Pessoa, Paraíba.

Em sua apresentação, Ricardo relatará as experiências e resultados do Programa de Melhoramento Genético no rebanho Nelore da Fazenda Vale do Boi, um dos melhores plantéis Nelore do Brasil, com vários Touros listados entre os melhores no Sumário Nacional PMGZ-ABCZ.

O IX Simpósio Brasileiro de Melhoramento Animal acontecerá de 20 a 22 de junho, no Centro de Eventos do Hotel Tambaú, em João Pessoa – Paraíba, onde será abordado :

      • Recentes avanços na pesquisa aplicada à genomica animal.
      • A Genomica e as perspectivas globais da produção animal.
      • Avaliação da viabilidade econômica do Melhoramento Genético da qualidade da proteína do leite no Brasil.
      • Seleção Genomica em Zebu leiteiro: Situação atual e futuros desafios.
      • Aplicação de equações estruturais no Melhoramento Genético animal.
      • Perspectivas do Melhoramento de suínos do ponto de vista da indústria.
      • Recentes avanços no Melhoramento Genético de aves.
      • Seleção genomica aplicada ao Melhoramento Animal: Desafios atuais e expectativas futuras dos criadores.
      • Os benefícios dos avanços do Melhoramento Genético de Bovinos de Corte. A visão do empresário rural.
      • Alternativas de Melhoramento participativo para conquistar avanços na produção de leite e carne de caprinos.
      • Utilização de marcadores moleculares na caracterização genética de ovinos.
      • Alternativas para programas de famílias no Melhoramento Genético de Camarão.
      • O impacto das novas biotecnologias genéticas aplicadas à programas de Melhoramento de Bubalinos.
      • Alternativas de utilização dos recursos genéticos para produção de leite bovina no semi-árido brasileiro.
      • As expectativas das Associações de Criadores de Bovinos e Zebuínos de corte, diante das novas tecnologias genéticas aplicadas ao Melhoramento Animal.
      • A participação da iniciativa privada no Melhoramento Genético dos bovinos de corte e de leite.
      • Projeção da demanda futura de carne bovina. Desafios permanentes para o Melhoramento Animal.

Programação

Hora Local Terça-Feira (Tuesday), 19 de Junho de 2012
Instrutores: Coordenadores e técnicos do PMGZ – da Associação Brasileira de Criadores de Zebu – ABCZ.
Hora Local Quarta-Feira (Wednesday), 20 de junho de 2012 AM
Current use and expectations about the realistic application of genomics in animal breeding programs.
Prof. Dr. Matt Spangler. Universidade de Nebraska/USA
Hora Local Quarta-Feira (Wednesday), 20 de junho de 2012 PM
Current status and prospects for the application of Genetic Improvement in Aquaculture.
Dr.  Morten Rye. Akvaforsk Genetics Center AS. Noruega
Qualifications and skills of Animal Breeding researchers: Seeking the balance between quantitative genetics and the impact of genomics.
Ignacy Misztal, Universidade de Georgia/USA
Recent advances in genomics research applied to animal production.Prof. Dr. Jerry Taylor. Universidade de Missouri/USA
Sessão pôster
Poster Session
Hora Local Quinta-feira (Thursday), 21 de junho de 2012 AM
BOVINOS DE LEITE     DAIRY CATTLE
Evaluation of the economic viability of genetic improvement programs for milk protein quality in Brazil. 
Prof. Dr. Gerson Barreto Mourão- EASLQ/USP-Brasil
Increasing feed efficiency of dairy cattle through genetic improvement.
Dr. Luiz Gustavo R. Pereira. Embrapa – Gado de Leite- Brasil
Projecting the future demand for beef: Continuing challenges for Animal Breeding.
Dr. Kepler Euclides Filho – Embrapa. Brasil
Hora Local Quinta-feira (Thursday), 21 de junho de 2012 PM
AVES/SUÍNOS     POULTRY/SWINE
Swine Genetic Improvement: A perspective from the viewpoint of the Industry.
Dr. Rodrigo A. A Torres da BRfood.Brasil
Developments in Poultry Breeding: From mass selection to Genomics.
Dr. Santiago Avendaño. AVIAGEN- Scotland
BOVINOS DE CORTE     BEEF CATTLE
Genomic Selection as applied to Animal Genetic Improvement: Current challenges and industry future expectations. 
Prof. Dr. José Bento S. Ferraz- FZEA/USP-Brasil
The benefits from the advances in Beef Cattle Breeding: A breeder’s vision. Ricardo José de Andrade
CAPRINOS – OVINOS     GOATS – SHEEP
Cooperative Genetic Improvement schemes: Alternatives to foster advances in the production of milk and meat goats. 
Dr. Raimundo Lobo Braga – Embrapa Ovinos e Caprinos.Brasil
Utilization of molecular markers for the genetic characterization of sheep. 
Dr. Samuel Rezende Paiva – Embrapa Cenargem. Brasil
CAMARÕES / BUBALINOS     SHRIMP / BUFFALOES
A new vision for family programs in shrimp Breeding.
Dr. João Rocha. Iowa Genetics/USA
The impact of new genetic technologies as applied to improvement programs in buffaloes.
Profª. Dra. Maria Elisabete J. Amaral- IBILCE/UNESP. Brasil
General Meeting of Brazilian Society of Animal Breeding. SBMA
Hora Local Sexta-Feira (Friday), 22 de junho de 2012 AM
Alternative use of genetic resources for dairy cattle production in Brazil semiarid.A contribuição da F1 e as estratégias de sua utilização.F1 strategies and contributionsProf. Dr. Fernando Madalena . Brasil – PalestranteDr. Evandro do Carmo Guimarães – Fazenda Barsa-MG – Debatedor
Oral presentation of 08 selected papers (15 minutes each)
Zebu and Taurus Beef Cattle Breed Associations expectations from the new genetic technologies as applied to Genetic Improvement ProgramsDr. Luis Antônio Josahkian – Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – BrasilDr. Leonardo Tallavera Campos- Associação Nacional de Criadores- Brasil
Hora Local Sexta-Feira (Friday), 22 de junho de 2012 PM
Roles for the private industry in Beef and Dairy Cattle Genetic Improvement Programs.Participantes: (ABCZ-GENSYS-FCM-ANCP-Geneplus-Pampaplus, CRV/LAGOA-Embrapa Gado de Leite, Centro Brasileiro de Melhoramento Guzerá, Associações de Criadores das raças Gir Leiteiro-Holandesa-Girolando-Sindi, Polo Genético e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). (15 min cada)
Closing ceremony of the IX Brazilian Symposium on Animal Breeding

 

Mais informações sobre o trabalho da Faz. Vale do Boi em: www.valedoboi.com.br
Mais informações sobre o evento em : www.sbmaonline.org.br

404 Página não encontrada

A página solicitada não foi encontrada.

Você pode encontrar mais informações sobre a Fazenda Vale do Boi e seu rebanho Nelore navengando através do menu na parte superior da página.

Também pode encontrar notícias navegando pelos ítens na parte lateral desta página.

Ou talvez a busca ajude.