Arquivo da categoria: Evento

Eventos promovidos ou realizados pela Fazenda Vale do Boi (dias de campo, leilões, cursos)

Shopping Vale do Boi comercializou cerca de R$ 1 milhão em reprodutores e matrizes

Shopping Vale do Boi 2016No dia 21 de maio foi realizada a edição 2016 do Shopping Vale do Boi, no município de Araguaína (TO). Patrocinado pela Premix, empresa nacional líder em nutrição animal, o tradicional evento é realizado pela Fazenda Vale do Boi, de propriedade do pecuarista Epaminondas de Andrade e seus filhos Ricardo de Andrade e Paulo de Andrade.

Nesta edição, a fazenda, conhecida pela produção e comercialização de reprodutores e matrizes Nelore de alta qualidade genética há 40 anos, ofertou 100 reprodutores e 20 fêmeas prendes, com avaliação positiva no PMGZ (Programa de Melhoramento Genético dos Zebuínos).Shopping Vale do Boi 2016

A Premix acompanha, através de seu representante técnico Sérgio Borges de Araújo, a evolução do rebanho da Fazenda Vale do Boi com protocolos de produtos adequados para as categorias animais, auxiliando no máximo do desempenho genético e índices zootécnicos.

No evento, que contou com cerca de 350 pecuaristas dos Estados do Tocantins, Pará e Maranhão, foram negociados 98 touros com valor médio de R$ 9.400,00 por cabeça e 10 fêmeas, com média de R$ 6.400,00 por cabeça, com faturamento de aproximadamente R$ 1 milhão.

Para Sandrigo Mercer, gestor Comercial da Premix no Estado do Tocantins, o evento foi um sucesso. “Poder acompanhar os resultados obtidos com os produtos da Premix no rebanho é muito satisfatório, pois bons produtos são evidenciados ainda mais em bons animais. Com isso, os índices zootécnicos são muito expressivos em se falando de condição corporal, fertilidade e ganho de peso dos bezerros”, destaca.

Shopping Vale do Boi 2016Sérgio Borges, que atende a Vale do Boi há 10 anos, afirma que a média de touros vendidos sempre é acima das expectativas da fazenda. Ele comenta a participação da Premix no evento: “Em nosso estande passaram vários clientes, levando prospectos e procurando produtos e serviços. Também agendamos cinco visitas a novos clientes”, comenta.

Sobre a Premix

O Grupo Premix tem como objetivo oferecer soluções em nutrição integradas. Com a missão de contribuir para evolução do agronegócio com um olhar no futuro, por meio de inovação, relacionamento e conhecimento compartilhado, o Grupo reúne as empresas Premix, indústria nacional líder em nutrição animal que atua há 37 anos no mercado, Green Fertilizantes e Sementes Paulista, e possui escritório central em Ribeirão Preto, interior de São Paulo.

A companhia oferece produtos de alta qualidade e consultoria especializada, disponibiliza aos clientes o seu know-how e produtos voltados para a qualidade do pasto, manejo correto e nutrição adequada de bovinos de corte e de leite, equinos, ovinos e caprinos conforme o clima e época do ano em cada região do País, categoria animal e fase de desenvolvimento.

Com moderna estrutura de produção e distribuição, a Premix também possui fábricas próprias em Patrocínio Paulista (SP), Presidente Prudente (SP) e Araguaína (TO), além de centros de distribuição em Juara (MT), Itumbiara (GO), Maringá (PR) e Campo Grande (MS). A companhia investe constantemente em inovação e desenvolvimento tecnológico de novos produtos com pesquisas e parcerias com as mais renomadas instituições de ensino do Brasil.

http://www.premix.com.br/patrocinado-pela-premix-shopping-vale-do-boi-comercializou-cerca-de-r-1-milhao-em-reprodutores-e-matrizes/

Tradicional Shopping Vale do Boi acontece neste sábado em Araguaína

Shopping Vale do Boi 2016O tradicional Shopping Vale do Boi acontece neste sábado (21/05), durante todo o dia, na Fazenda Vale do Boi, a 27 quilômetros de Araguaína. A Fazenda Vale do Boi, do pecuarista Epaminondas de Andrade, é conhecida por produzir e comercializar reprodutores e matrizes Nelores de alta qualidade genética por mais de 40 anos. Foi a primeira no Tocantins a ofertar produtos com exame andrológico e avaliações genéticas.

Nesta edição do Shopping Vale do Boi serão ofertados 100 reprodutores e 20 fêmeas prenhes Nelore, com avaliação genética positiva no Programa de Melhoramento Genético dos Zebuínos (PMGZ), da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).

Estamos ofertando 100 reprodutores com índice médio top 2%, poucos eventos no Brasil conseguem ofertar animais com índices tão elevados no programa de melhoramento”, comentou o zootecnista Ricardo Andrade, filho do Sr. Epaminondas.

O evento deve atrair pecuaristas de diversos municípios do Tocantins e dos Estados vizinhos, Pará e Maranhão.

http://afnoticias.com.br/tradicional-shopping-vale-do-boi-acontece-neste-sabado-em-araguaina/

Fazenda Vale do Boi é parceira da palestra sobre Manejo Racional de Bovinos.

Palestra Manejo Racional Bovinos - Fev/2016Encontro/ Palestra sobre Manejo Racional de Bovinos

O Encontro/ Palestra tem como objetivo principal o treinamento e aperfeiçoamento de profissionais (pecuaristas, capatazes, vaqueiros, técnicos e demais interessados) em práticas de manejo. A ênfase doevento está na utilização dos conhecimentos sobre o comportamento dos bovinos para a definição de estratégias de manejo, de forma a reduzir o estresse animal. A adoção dessa nova filosofia de trabalho contribui para melhorar nossa interação com os bovinos, proporcionando: melhoria do bem-estar dos animais, melhores condições de trabalho, diminuição de perdas e maior produtividade.

Horário: 08:00 às 12:00 e 14:00 às 18:00

Data: 20/02/2016

Palestrante: Prof. Dr. Mateus Paranhos – UNESP – Campus de Jaboticabal/ SP

Número de vagas: 80 vagas

Obs.: Inscrições gratuitas e no local do evento

Local: Auditório do SEBRAE em Araguaína/ TO

Temas abordados:

 

  • Custos da má qualidade na produção de bovinos
  • Aspectos fundamentais no comportamento de bovinos
  • Interações humano-bovinos no dia-a-dia da fazenda
  • Infraestrutura para o manejo de bovinos
  • Manejo Racional de bezerros ao nascimento

 

  • Tópicos em Manejo Racional:
    • Na Desmama
    • Na condução de bovinos ao curral: apartação, embretamento, condução ao tronco de contenção e contenção.
    • Na vacinação
    • Na identificação
    • No embarque

Realização: Sindicato Rural de Araguaína

Parceiros: Faz. Vale do Boi, Sebrae, Agroquima, Romancini e UFT.

Shopping Vale do Boi foi um sucesso em negócios

O Shopping Vale do Boi, que abriu as rodadas de negócios da Expoara 2015 foi um sucesso. Dos 130 reprodutores e matrizes Nelore com avaliação genética positiva, 70% foram vendidos com preços acima da média. O evento aconteceu no sábado, na Fazenda Vale do Boi, município de Carmolândia, Norte do Estado.
De acordo com Ricardo de Andrade, bons negócios foram realizados. “Vendemos fêmeas por R$ 6,1 mil e machos por R$ 8,2 mil, acima da média, já que os reprodutores estão sendo comercializados por R$ 7,9 mil”, explicou.
Os animais comercializados com preços fixos de 24 parcelas, ou com descontos especiais à vista foram vendidos para clientes do Tocantins, sul do Maranhão e sul do Pará.
De acordo com o proprietário da fazenda, Epaminondas de Andrade, que este ano comemora 40 anos de trabalhos realizados no Brasil, com reprodutores e matrizes Nelore, de alta qualidade genética, além dos negócios, o evento foi uma confraternização. “Foi um dia muito bonito, de receber os amigos para um almoço. Eu só tenho a agradecer todas as pessoas que participaram”, concluiu.

http://www.portalsra.com/expoara/shopping-vale-do-boi-foi-um-sucesso-em-negocios-

Shopping Vale do Boi abre rodada de negócios da Exposição Agropecuária de Araguaína

Shopping Vale do Boi abre rodada de negócios da Exposição Agropecuária de AraguaínaAbrindo as rodadas de negócios da Expoara 2015, neste sábado, 23, o Shopping Vale do Boi oferta animais da melhor qualidade em avaliação genética positiva. O evento acontece durante todo o dia, na Fazenda Vale do Boi.

De acordo com Ricardo de Andrade, a Fazenda Vale do Boi oferece os melhores animais, todos criados a pasto e adaptados ao serviço. “Uma vantagem do Shopping ser realizado na fazenda é que o cliente tem todo o dia para escolher o animal que está tranquilo, sem o estresse que as vezes um leilão comum causa. Outra vantagem é que o cliente pode levar o animal na hora, ou até uma semana após o evento”, explicou.

Os clientes podem adquirir os animais, em preços fixos de 24 parcelas, ou com descontos especiais para pagamentos à vista. Todos os reprodutores e matrizes ofertados estão em um catálogo, que o cliente recebe para avaliar melhor o animal.

O proprietário da fazenda, Epaminondas de Andrade, este ano comemora 40 anos de trabalhos realizados no Brasil, com reprodutores e matrizes Nelore de alta qualidade genética. “É uma emoção muito grande, e um orgulho para nossa família e para o Estado do Tocantins que tem os melhores Nelores do país”, completou o filho de Epaminondas, Ricardo Andrade.

Para chegar até a Fazenda Vale do Boi, local do evento, distante 27 quilômetros de Araguaína, o percurso é pela Rodovia TO-164, município de Carmolândia.

http://www.portalsra.com/expoara/shopping-vale-do-boi-abre-rodada-de-negocios-da-expoara-2015-

Dia na Varanda na Vale do Boi

Dia da Varanda na Faz. Vale do BoiNo ultimo dia 19 de março a Fazenda Vale do Boi juntamente com a Dow AgroSciences e Agroquima receberam mais de 100 pessoas entre pecuaristas, profissionais e estudantes para o Dia na Varanda. O evento é considerado um dia de consultoria onde os participantes questionam e tiram suas duvidas com um especialista, no caso o Zootecnista Adilson Aguiar.

Dia da Varanda na Faz. Vale do BoiNa abertura Epaminondas de Andrade saudou os presentes, dissertou um sobre o seu trabalho e reiterou que a Vale do Boi sempre estará aberta para eventos como este. Adilson Aguiar agradeceu o convite da Dow AgroSciences e Agroquima e elogiou toda a equipe da Vale do Boi pelo seu trabalho que é usado como referência por onde passa.Dia da Varanda na Faz. Vale do BoiDia da Varanda na Faz. Vale do Boi

Presidente da CRV Lagoa visita a Vale do Boi

Paul Vriesekoop, presidente da  CRV Lagoa e André Carreira com Paulo, Epaminondas e Ricardo Andrade na Vale do Boi.No dia 14 de janeiro o presidente da  CRV Lagoa Paul Vriesekoop, juntamente com o gerente de área Gilmar Gomes e o promotor de vendas para a região de Araguaína o veterinário André Carreira fizeram uma visita as instalações da Fazenda Vale do Boi. O novo presidente da CRV Lagoa está percorrendo todas as regiões de atuação da central pelo país. Na oportunidade  Paul Vriesekoop trocou ideias com o titular da Vale do Boi o pecuarista Epaminondas de Andrade e seus filhos Ricardo José e Paulo Henrique e pode conhecer um pouco do trabalho de Melhoramento da fazenda e da força da pecuária na região norte do Brasil.

Na oportunidade Epaminondas lembrou que a Lagoa faz parte da história da Vale do Boi, sendo a primeira central a fornecer sêmen para a fazenda bem como é parceira do reprodutor Imperador VB da Vale com sêmen em seu portfólio.

 

ExpoCorte em Araguaína reúne mais de mil pessoas. Epaminondas de Andrade é homenagiado.

Sucesso do evento deve levar à realização novamente no local em 2015

O Circuito ExpoCorte, evento criado com a finalidade de levar informação, tecnologia e conhecimento aos pecuaristas, foi realizado pela primeira vez em Araguaína (TO) nos dias 15 e 16 de outubro e contou com a participação de 938 pessoas, provenientes de 75 municípios de 11 estados brasileiros, especialmente do Tocantins, Maranhão e Pará. Do total de participantes, 80% são produtores rurais que acompanharam 13 palestras e debates discutindo como conseguir o máximo de sua propriedade a partir de aspectos como gestão, sanidade, genética, nutrição, manejo, pastagem, sucessão dos negócios, visão do mercado nacional e internacional, integração da cadeia produtiva e mão de obra. Promovido pela Verum Eventos em parceria com o Sindicato Rural de Araguaína, é a segunda vez que o evento é realizado no Tocantins. Em 2013, o evento ocorreu em Palmas. O estado com um rebanho de mais de 8 milhões de cabeças de gado e 7,5 milhões de hectares de pastagens.
“Os participantes saíram muito satisfeitos com o conteúdo apresentado no evento e o Sindicato, com a missão cumprida por proporcionar conhecimento, discussão e aprendizado para os produtores da região. Queremos dar continuidade e estamos trabalhando para que o Circuito ExpoCorte volta a Araguaína no próximo ano, pois nossa pecuária tem grande potencial de crescer ainda mais com a nossa terra boa e clima propício”, destaca o presidente do Sindicato Rural de Araguaína, Roberto Paulino.
“O evento é um sucesso, um diferencial muito grande para um setor tão importante econômica e socialmente, que nunca tinha experimentado algo com um nível técnico tão elevado. É necessário ampliar horizontes de investimentos nas fazendas da região e fomentar práticas como a integração lavoura-pecuária-floresta. Vamos continuar a apoiar e melhorar para o próximo ano”, garante o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, que foi um dos homenageados ao final do evento juntamente com o presidente do Sindicato Rural Roberto Paulino, o pecuarista Epaminondas de Andrade e o “padrinho” do Circuito ExpoCorte no Tocantins, o leiloeiro Eduardo Gomes.
No último dia do Circuito, Eduardo Gomes fez a entrega de um Troféu “Empresa Colaboradora do Leilão Pecuária Solidária” para as empresas que apoiaram as três edições da iniciativa, que geraram uma receita líquida de R$ 1,1 milhão distribuída a entidades assistenciais de Tocantins.
“A ideia da criação deste selo é para que as empresas sejam reconhecidas pela sua colaboração ao Leilão Pecuária Solidária. O lançamento foi na ExpoCorte, parceira do projeto, pois este é o evento que permitiu dar visibilidade nacional a esta iniciativa que ocorre no Tocantins desde 2009. Essa colaboração passou a ser um projeto social de muitas empresas, então adotamos o título de ‘Ação Social do Agronegócio Nacional’, um vez que o setor é responsável por mais de 90% das doações, sendo 100% da iniciativa privada”, explica Eduardo Gomes. Receberam o reconhecimento as empresas Beckhauser, In Vitro Brasil, Ourofino, Agroquima, Bellman/Nutreco, Sementes Maschietto, Mitsubishi, Integral Nutrição Animal, Semeagro Semex, ABS Pecplan, J. Demito e Grupo Jaime Câmara.
“Araguaína está de parabéns pela acolhida à proposta do Circuito ExpoCorte e pelo interesse dos produtores em evoluir na atividade. Vamos trabalhar para trazer o evento novamente para cá em 2015”, finaliza a diretora da Verum Eventos, Carla Tuccilio.
Além das palestras e debates do workshop, os participantes do evento tiveram acesso às principais inovações tecnológicas apresentadas pelas empresas presentes na feira de negócios que compõe o evento, como Dow AgroSciences, Minerva Foods, Philbro, Zoetis, Taura, Tortuga – DSM, Beckhauser, Bellman, Ourofino, Arysta, Caltins, Minerthal, CRI Genética, ABS Pecplan, Associação Brasileira de Criadores de Senepol, Agronorte Rações, Granforte e Disbrava/Ford.

Sobre o Circuito ExpoCorte
O Circuito ExpoCorte é um evento que percorre os principais polos de produção pecuária do País para disseminar tecnologia e fomentar discussões sobre a cadeia produtiva da carne.
Em sua terceira edição em 2014, o Circuito passou por Cuiabá (MT), em março, onde reuniu 900 participantes, Campo Grande (MS), em julho, com 1.380 pessoas, Ji-Paraná (RO) em setembro com 700 participantes. Após a etapa de Araguaína, a edição de 2014 finaliza em Uberlândia (MG) nos dias 11 e 12 de novembro. (Ascom Expocorte)

http://www.portalsra.com.br/noticia.php?l=9d0709e2113f19992dec760e9072a0d3

Expocorte: Risco baixo e liquidez tornam pecuaria atividade bem lucrativa

Na visão de Epaminondas de Andrade, proprietário da Fazenda Vale do Boi, situada em Carmolândia, município vizinho a Araguaína, no norte do Tocantins, que participou como palestrante do Circuito ExpoCorte, a pecuária, se bem feita, pode ser uma atividade bastante lucrativa ao produtor. “A atividade apresenta um risco baixo frente há outras e uma liquidez incomparável se bem executada”, acrescenta. Epaminondas demonstrou a realidade de sua propriedade, que trabalha com as atividades de cria, recria e engorda de animais Nelore, fazendo melhoramento genético de animais PO da raça, através da ferramenta PMGZ da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu. “Em uma área de 1.900 hectares, sendo 1.400 de pastagens, temos 3.500 cabeças de gado Nelore, sendo 1.200 matrizes”, comenta. Ele conta que os preços do boi gordo nunca estiveram tão atrativos no estado do Tocantins quanto agora, com a arroba cotada a R$ 120,00 e o preço do bezerro desmamado com peso entre 6 a 7 arrobas cotado a R$ 1.000,00. “Mesmo assim vejo pessoas reclamando dos preços, que eles estão muito caros, que está difícil comprar gado”, argumenta. Essa situação ocorre em função da ausência de uma adequada adubação do solo e do baixo rendimento obtido por animal. “Temos tido uma boa produtividade, adotando um manejo racional, melhorando a fertilidade do solo, utilizando uma água de melhor qualidade, fazendo um melhoramento genético do rebanho em todas as fases de cria, recria e engorda com o devido acompanhando das métricas e resultados, com o intuito de obter lucratividade”, comenta. Epaminondas afirma que a rentabilidade da atividade pecuária pode ser melhor ou pior dependendo do manejo realizado. “Utilizando uma pastagem normal e sal mineral como suplementação é possível obter um retorno de R$ 600,00 por hectare, considerando uma produtividade baixa, de 5 arrobas por hectare. Aumentando a produtividade para 6,5 arrobas e utilizando uma pastagem com proteínas e energéticos, com suplemento de sal mineral, é possível ter um retorno por hectare de R$ 780,00. Já adotando uma lotação de dois animais por hectare e tendo uma produtividade de 7 arrobas, com o uso de uma pastagem corrigida e adubada com proteínas e energéticos, acrescida de um suplemento com sal mineral, o que é feito na fazenda Vale do Boi, esse valor cresce para R$ 1.680,00 por hectare”, compara. Epaminondas destaca que tirando todos os custos envolvidos nos três diferentes exemplos, a lucratividade real com a produtividade de 5 arrobas é realmente baixo, de R$ 120,00 por hectare, a de 6,5 arrobas é um pouco maior, de R$ 139,00 por hectare, mas a de dois animais de lotação com produtividade de 7 arrobas cada um é bem mais atrativa, chegando a R$ 614,00 por hectare. “Podemos ver que com esses números é possível ver que a atividade gera resultado”, conclui.

 

http://www.futurosagricolas.com.br/conteudo/-expocorte-risco-baixo-e-liquidez-tornam-pecuaria-atividade-bem-lucrativa.html