Arquivo da categoria: Comercialização

Shopping Vale do Boi e outros eventos de comercialização de produtos da Fazenda Vale do Boi.

Palestra com Moacyr Corsi abordará o tema Recuperação e Reforma de Pastagens – Onde estão os lucros e os prejuízos

O Sindicato Rural de Araguaína, a Fazenda Vale do Boi, a Caltins e a Agroquima realizarão hoje, dia 2, a partir das 17 horas, no tatersal do Parque de Exposições Dair José Lourenço, a palestra Recuperação e Reforma de Pastagens – Onde estão os lucros e os prejuízos, com o professor e doutor Moacyr Corsi, de São Paulo.

O objetivo do encontro é promover e fortalecer a agropecuária da região e contará com a presença de produtores rurais de todo o norte do Estado. Amanhã, dia 3, o doutor Moacyr Corsi estará dando consultoria no Shopping Vale do Boi, a partir das 8 horas.

Dados do palestrante:

Moacyr Corsi possui graduação em Engenharia Agronomica pela Universidade de São Paulo (1967), mestrado em Agronomy – Ohio State University (1970), doutorado em Agronomy – Ohio State University (1984) e doutorado em Ciencia Animal e Pastagens pela Universidade de São Paulo (1972). Atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Zootecnia, com ênfase em Fisiologia de Plantas Forrageiras, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo de pastagens, fisiologia de plantas forrageiras, forragicultura, alfafa.

Informações: Epaminondas de Andrade Coordenador do evento 63 3414 3020

http://portalsra.com.br/noticia.php?l=3e85b65ee65a51e45a2ce35558857cdb

Especial Expoara 2008 – Shopping da Vale do Boi

Estamos prestes a dar a largada na XX Expoara. O Shopping da Vale do Boi é a porta de entrada deste grande evento nos dias 31 de maio e 1º de junho. Distante 27 quilômetros de Araguaína, com acesso por rodovia asfaltada (TO-164), a Fazenda Vale do Boi vem se destacando no norte do Brasil no melhoramento genético de animais Nelore PO. Sob o comando de Epaminondas de Andrade e seus filhos Paulo e Ricardo José, ao longo de 30 anos de seleção, a Vale do Boi produz bovinos avaliados com grande destaque dentro do PMGZABCZ (Programa de Melhoramento Genético das Raças Zebuínas – Associação Brasileira dos Criadores de Zebu), provas de ganho de peso a pasto, concursos de carcaças e leilões.

Com 1.200 matrizes Nelore e Nelore Mocho em produção, a Vale do Boi hoje tem 100% do rebanho avaliado pelo PMGZ-ABCZ e uma seleção focada na produção de carne em regime de pasto. A utilização dos melhores reprodutores nacionais através de inseminação artificial e reprodutores do próprio criatório com DEPs positivas para ganho de peso e precocidade de acabamento, faz da Vale do Boi um grande centro de tecnologia genética adaptada para o norte do país. Toda informatizada, a fazenda conta com funcionários plenamente capacitados para manejo racional e ainda tem um controle pluviométrico, ativo há 22 anos, que ajuda na previsão de prováveis períodos de seca.

A fazenda já recebeu diversos prêmios, entre eles, 6 campeonatos de prova de ganho de peso a pasto no Tocantins e Pará, duas vezes campeã em provas feitas no Tocantins.

Outro diferencial é a maneira como a fazenda comercializa o rebanho. A venda é realizada todos os dias do ano, na própria sede, já que o local é de fácil acesso, e o produtor vê a campo como o trabalho é feito e ainda verifica alguns dados de manejo e pastagem. O Shopping Vale do Boi, que este ano será realizado nos dias 31 de maio e 1º de junho, está em sua 3ª edição e tem tido grande sucesso em vendas. O evento é feito na própria fazenda e atrai pecuaristas de todo a Região Norte e Nordeste, além de produtores do sul do país.

http://portalsra.com.br/files/download/20080804100439_informativo_sra_111_site.pdf

Shopping Vale do Boi 2006 (Revista Canal Lagoa)

Nos dias 08 e 09 de abril, aconteceu em Araguaína (TO), na Fazenda Vale do Boi, de Epaminondas de Andrade, o Shopping Vale do Boi. Foram disponibilizados 100 lotes de reprodutores e matrizes Nelore.

O gerente de produto Corte/Zebu da Lagoa, Ricardo Abreu, marcou presença ao lado de André Carreira, consultor de vendas da Central na região. “A fazenda, comandada por Epaminondas e seus filhos, Ricardo e Paulo, desenvolve um trabalho de seleção referência no norte do Tocantins. Podemos observar progênies destacadas de touros já conhecidos, como Marisco, Marel e Maghaiver. Os lotes de maior liquidez foram de filhos de touros da Central”, informa Abreu.

 

http://www.lagoa.com.br/canal/upload/canalmaio06.pdf

Nas Pistas

Estadão.com , suplemento agrícola, Jun 2002

Vale do Boi – A Agropecuária Jacarezinho, de Valparaíso (SP), participará do Leilão Vale do Boi, sábado, em Araguaína (TO), com a oferta de 20 touros, selecionados para atender ao mercado do Norte e Nordeste. Também estarão no remate a Agropecuária Canadá e a Sol Nascente, com a oferta de 70 touros e 20 novilhas. (0–18) 3401-9300.

http://www.estado.estadao.com.br/suplementos/agri/2002/06/12/agri015.html

Tocantins promove leilão de nelore

Gazeta Mercantil OnLine Nov 2001

No próximo sábado, os pecuaristas do Tocantins terão mais uma oportunidade de adquirir animais da raça nelore dos selecionadores Emerson Fonseca, da Fazenda Sol Nascente, no município de Peixe, e Anísio Francisco Silva, Fazenda Canadá, em Figueirópolis. Depois de promoverem seus plantéis em leilões individuais no primeiro semestre, agora os criadores se juntarão para realizar o 2º Leilão Nelore a Campo de Reprodutores Registrados Livro Aberto (LA). Ofertas O evento ocorrerá no Tattersal do Parque de Exposições Antônio Lisboa da Cruz, em Gurupi, a partir das 12h. Os interessados em adquirir os animais poderão conferir o gado a partir das 10h30. Serão ofertados 150 reprodutores mocho e padrão, entre 26 e 28 meses, com exame andrológico, que comprova a fertilidade do touro. Além das duas fazendas tradicionais na seleção de nelore no Sul de Tocantins também participarão como convidados os criadores Eugênio Menucci, Jurgen Fleischer e Waldofredo de Paula, de Gurupi, e a Fazenda Vale do Boi, de Araguaína. “Será o maior leilão de touros de Tocantins, em número de touros”, diz Emerson Fonseca. Na primeira edição do leilão, realizada em dezembro de 2000, foram vendidos 120 animais, com uma média de preço de R$ 1,9 mil. Alguns chegaram a R$ 3,5 mil. Este ano a expectativa é que a média se iguale ou supere à de 2000. O valor dos animais será parcelado em 14 vezes pelos próprios criadores e também haverá financiamento, pela primeira vez neste leilão, do Banco do Brasil. De acordo com Fonseca, o mercado está carente de touros devido ao crescimento este ano entre 15% e 20% do número de matrizes na região compradas através de linhas de crédito dos bancos oficiais. A demanda em Tocantins, segundo os cálculos do pecuarista, é entre dois mil e três mil reprodutores por ano. E para ele a vantagem do LA é ter preços mais acessíveis, cerca de dois terços do valor de um PO, e qualidade na cobertura da vacada. Seleção Este ano, Fonseca afirma que o leilão terá uma tourada mais homogênea, fértil e precoce. Fruto do trabalho de melhoramento genético desenvolvido nos plantéis das duas fazendas. Na Sol Nascente são aplicadas as técnicas de inseminação artificial e transferência de embriões e futuramente haverá também fertilização in vitro. Na Fazenda Canadá, o trabalho de seleção do gado nelore começou há uma década e para imprimir mais qualidade ao rebanho há cerca de três anos teve início um programa de acasalamento, uma técnica em que a escolha do sêmen para a inseminação é individualizada e indica o melhor reprodutor para cada fêmea. Com a parceria, os criadores levarão mais qualidade a pecuaristas do Tocantins, além de compradores do Mato Grosso, Maranhão e Pará, que também são esperados. E no dia 8 de dezembro os selecionadores repetirão a dose. Para esta data está programado um novo leilão LA, nos mesmos padrões que o do dia 10 de novembro. (apinheiro@gazetamercantil.com.br)

http://200.246.213.33/regionais/mt/jornal/13727.htm

Leilão Vale do Boi ed. 2000

Estadão.com Jun 2000
Vale do Boi – A Agropecuária Jacarezinho, de Valparaíso (SP), participará do Leilão Vale do Boi, sábado, em Araguaína (TO), com a oferta de 20 touros, selecionados para atender ao mercado do Norte e Nordeste. Também estarão no remate a Agropecuária Canadá e a Sol Nascente, com a oferta de 70 touros e 20 novilhas. (0–18) 3401-9300.
http://www.estado.estadao.com.br/suplementos/agri/2000/06/14/agri024.html