Arquivo da categoria: Reprodutores Nelore

Reprodutores ( Reprodutor , Touro , Touros , Tourinho , Tourinhos )

Após 180 dias de avaliação, são divulgados os campeões de cada raça participante do Centro de Performance Lagoa


PARTICIPARAM DA AVALIAÇÃO 336 ANIMAIS DE 105 CRIADORES DE NOVE DIFERENTES ESTADOS

Durante 180 dias, 336 animais de 105 criadores de nove diferentes Estados foram avaliados no Centro de Performance Lagoa, iniciativa da maior central de genética bovina da América Latina. O 1º Leilão do CP Lagoa, que fecha a temporada, será realizado no sábado (17), no recinto da FEAPAM, em Ribeirão Preto, com transmissão ao vivo pelo Canal do Boi a partir das 14h. Mas para chegar até o leilão, os animais passaram por diversas etapas.

Em busca de animais jovens geneticamente superiores, a avaliação começou no início de maio, com a entrada dos animais. A primeira pesagem dos touros jovens, após 42 dias de adaptação, foi realizada no dia 26 de junho. As avaliações intermediárias aconteceram no dia 21 de agosto e as finais foram realizadas entre 17 e 21 de outubro. Os 150 melhores touros com Índice CP Lagoa positivo foram classificados para o leilão.

O Índice foi formado a partir da ponderação das 12 características produtivas – peso, ganho médio diário, perímetro escrotal, conformação, precocidade, musculosidade, umbigo, temperamento, área de olho de lombo (AOL), espessura de gordura subcutânea (EGS), marmoreio e tipo, sendo as mesmas características para todas as raças. “No entanto, a ponderação de cada uma delas foi diferente, determinado pelo corpo técnico de cada associação, para evitar o efeito comparativo entre elas”, ressalta Ricardo Abreu, gerente de produto Corte/Zebu da Lagoa.

Dos 183 touros Nelore e Nelore Mocho que participaram do CP, 88 foram classificados para o leilão. O campeão foi Janitor Rio da Mata (Nelore), da Beabisa Agropecuária Ltda, que alcançou 16,57 pontos de Índice CP Lagoa, seguido por Serrador (Nelore Mocho), de Maria Lilian Chateaubriand; Oceano de CV (Nelore Mocho), de Carlos Viacava; Bacarau (Nelore), de Orildes Ravagnani; e Imperador VB da Vale, de Epaminondas de Andrade. Todos foram contratados pela Lagoa para teste de progênie, podendo vir a integrar a bateria de doadores de sêmen da Central.

No Brahman, que teve 37 animais inscritos e 16 classificados para o Leilão, o campeão foi Good Brahmania, de Bruno Aurélio Ferreira Jacintho, que alcançou 9,38 de Índice CP Lagoa, e também participará do teste de progênie da Lagoa. O touro foi seguido por Mr Nova Pousada POI 761, de Wilson Lemos de Moraes Junior e JDH Atlas Manso 328/3, de Francisco José Ferreira Jacintho.

Na raça Guzerá, dos 51 animais inscritos, 20 alcançaram Índice CP Lagoa positivo e estarão no Leilão. O campeão foi Fondare FIV do DER, de Dante Emílio Ramenzoni, com 13,21 pontos de Índice; seguido por Pinguin Lach GZ, de Luis Armando Chambrone e Chapecó R GZ, de Renato José Pinto da Rocha. Fondare e Chapecó foram contratados pela Lagoa e participam do teste de progênie.

No Tabapuã, dos 60 touros inscritos, 30 vão para o Leilão. Os três primeiros colocados da raça são de Maria Helena Dumont Adams: Naua da Prata, campeão com 15,04 pontos de Índice CP Lagoa; Natro da Patra e Nomeado da Prata. Os dois primeiros vão participar do teste de progênie da Lagoa.

“O resultado foi fantástico. A ponderação das 12 características feita pelo corpo técnico de cada raça contemplou os animais funcionais, equilibrados e harmônicos, que tiveram Índice CP Lagoa positivo. Esses jovens talentos serão disponibilizados no 1º Leilão do CP Lagoa, a oportunidade dos criadores levarem verdadeiras jóias raras para seus rebanhos. São animais avaliados, comprovados e que representam a ponta do progresso genético”, finaliza Ricardo Abreu.

http://www.crvlagoa.com.br/noticias.asp?idS=2&idN=684&Tit=Ap%F3s%20180%20dias%20de%20avalia%E7%E3o,%20s%E3o%20divulgados%20os%20campe%F5es%20de%20cada%20ra%E7a%20participante%20do%20Centro%20de%20Performance%20Lagoa

CEP 2007: Produtos nelore indicados da Fazenda Vale do Boi

CEP 2007

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE ZEBU
CEP – CERTIFICADO ESPECIAL DE PRODUÇÃO – 2007
PRODUTOS CANDIDATOS AO CEP – CATEGORIA NACIONAL – SAFRA 2005
Criador: EPAMINONDAS DE ANDRADE Faz. Vale do Boi Raça: NELORE – PO
Nome do Animal Pai Avô Materno RG Dt. Nasc. IQG %TOP CEP #
FÊMEAS
HABA VB DA VALE VBV 6009 8/3/2005 4,74 0,1 BRONZE 650
HAIFA VB DA VALE VBV 6031 12/3/2005 4,28 0,1 PRATA 166
HEXONA VB DA VALE VBV 6223 3/10/2005 3,80 1 PRATA 203
HYBLA VB DA VALE VBV 6339 2/11/2005 3,77 1 PLATINA 65
HEXAMINA VB DA VALE VBV 6224 3/10/2005 3,68 0,5 PLATINA 64
HELICE VB DA VALE VBV 6138 9/9/2005 3,56 2 PLATINA 235
HOLDA VB DA VALE VBV 6266 14/10/2005 3,53 0,5 OURO 35
HAGAR VB DA VALE VBV 6059 24/3/2005 3,48 0,5 OURO 263
HORA VB DA VALE VBV 6298 21/10/2005 3,47 0,5 OURO 17
HUNGRIA VB DA VALE VBV 6334 2/11/2005 3,47 0,5 OURO 84
HERNE VB DA VALE VBV 6190 20/9/2005 3,32 3 PRATA 267
HAIA VB DA VALE VBV 6029 11/3/2005 3,31 0,5 PRATA 593
HERESIA VB DA VALE VBV 6185 20/9/2005 3,30 3 OURO 228
HORCA VB DA VALE VBV 6357 8/11/2005 3,29 0,5 PRATA 533
HENDECA VB DA VALE VBV 6152 13/9/2005 3,27 0,5 PLATINA 151
HARTE VB DA VALE VBV 6039 15/3/2005 3,15 1 BRONZE 29
HESSA VB DA VALE VBV 6204 28/9/2005 3,14 1 BRONZE 358
HURCA VB DA VALE VBV 6363 9/11/2005 3,13 1 PRATA 60
HEMINA VB DA VALE VBV 6149 13/9/2005 3,01 1 OURO 106
HELENINA VB DA VALE VBV 6136 9/9/2005 2,95 6 BRONZE 114
HAGARA VB DA VALE VBV 6422 25/11/2005 2,87 7 PRATA 169
HERSE VB DA VALE VBV 6200 27/9/2005 2,84 2 BRONZE 99
HIGIAMA VB DA VALE VBV 6241 8/10/2005 2,83 2 BRONZE 102
HYDE VB DA VALE VBV 6387 15/11/2005 2,83 7 OURO 278
HUMAIA VB DA VALE VBV 6343 4/11/2005 2,81 7 OURO 23
HESIONE VB DA VALE VBV 6202 27/9/2005 2,63 10 PRATA 130
HIPOTESE VB DA VALE VBV 6254 11/10/2005 2,62 3 BRONZE 749
HUMITA VB DA VALE VBV 6325 1/11/2005 2,54 12 BRONZE 235
HIDRICA VB DA VALE VBV 6234 6/10/2005 2,53 3 BRONZE 487
HARCADA VB DA VALE VBV 6407 22/11/2005 2,49 13 PRATA 47
HERANCA VB DA VALE VBV 6180 19/9/2005 2,47 3 PRATA 499
HESSITA VB DA VALE VBV 6205 28/9/2005 2,12 6 BRONZE 368
HARINA VB DA VALE VBV 6062 24/3/2005 1,96 8 BRONZE 281
HORTA VB DA VALE VBV 6306 24/10/2005 1,95 27 BRONZE 142
HEDVIGES VB DA VALE VBV 6119 8/8/2005 1,81 10 BRONZE 455
MACHOS
HAGEN VB DA VALE VBV 6065 25/3/2005 5,82 0,1 PLATINA 90
HABIB VB DA VALE VBV 6028 11/3/2005 5,82 0,1 PLATINA 182
HACO VB DA VALE VBV 6036 14/3/2005 5,54 0,1 OURO 197
HAMY VB DA VALE VBV 6095 18/4/2005 5,17 0,1 PLATINA 49
HANGAR VB DA VALE VBV 6088 14/4/2005 5,10 0,1 PRATA 188
HAMURABI VB DA VALE VBV 6096 18/4/2005 4,88 0,1 PLATINA 57
HANON VB DA VALE VBV 6083 7/4/2005 4,87 0,1 PLATINA 82
HANDY VB DA VALE VBV 6086 14/4/2005 4,63 0,1 PLATINA 94
HAKE VB DA VALE VBV 6040 15/3/2005 4,44 0,1 OURO 33
HERDADO VB DA VALE VBV 6166 16/9/2005 4,40 0,5 PLATINA 52
HELIACO VB DA VALE VBV 6156 14/9/2005 4,25 0,5 PLATINA 39
HASIK VB DA VALE VBV 6131 5/9/2005 4,15 0,5 PLATINA 29
HABILITADO VB DA VALE VBV 6018 9/3/2005 4,11 0,5 PRATA 145
HATON VB DA VALE VBV 6133 8/9/2005 4,06 0,5 PLATINA 104
HAMIRPUR VB DA VALE VBV 6097 18/4/2005 3,91 0,5 OURO 269
HADES VB DA VALE VBV 6047 17/3/2005 3,86 1 PLATINA 232
HADON VB DA VALE VBV 6044 17/3/2005 3,82 1 PRATA 487
HELIOS VB DA VALE VBV 6155 14/9/2005 3,76 1 PLATINA 139
HATUAL VB DA VALE VBV 6377 12/11/2005 3,66 1 PRATA 182
HODER VB DA VALE VBV 6270 15/10/2005 3,22 3 PRATA 17
HORIZONTE VB DA VALE VBV 6332 2/11/2005 3,21 4 PRATA 378
HANKO VB DA VALE VBV 6082 7/4/2005 3,21 4 BRONZE 557
HINDU VB DA VALE VBV 6269 15/10/2005 3,15 4 OURO 186
HUMORAL VB DA VALE VBV 6335 1/11/2005 3,12 4 OURO 137
HAXIMA VB DA VALE VBV 6134 8/9/2005 3,10 4 PRATA 395
HEREDO VB DA VALE VBV 6172 17/9/2005 3,06 5 PLATINA 172
HIFEN VB DA VALE VBV 6251 10/10/2005 3,03 5 PRATA 800
HETERIO VB DA VALE VBV 6201 27/9/2005 2,95 6 PRATA 68
HAB VB DA VALE VBV 6367 10/11/2005 2,93 6 OURO 50
HECTO VB DA VALE VBV 6153 14/9/2005 2,88 7 PRATA 488
HUON VB DA VALE VBV 6399 21/11/2005 2,87 7 OURO 207
HIMALAIA VB DA VALE VBV 6260 13/10/2005 2,77 9 PRATA 670
HODY VB DA VALE VBV 6329 1/11/2005 2,74 8 PRATA 595
HOTEL VB DA VALE VBV 6340 2/11/2005 2,65 10 BRONZE 499
HEBRAICO VB DA VALE VBV 6123 1/9/2005 2,38 15 BRONZE 391
HUMILE VB DA VALE VBV 6417 24/11/2005 2,31 17 BRONZE 384
HAMBURGO VB DA VALE VBV 6098 18/4/2005 2,28 18 BRONZE 258
HIDALGO VB DA VALE VBV 6229 4/10/2005 2,28 18 BRONZE 315
HIDOLO VB DA VALE VBV 6361 9/11/2005 2,23 19 BRONZE 620
HEROI VB DA VALE VBV 6168 16/9/2005 2,21 19 BRONZE 310
HERVEY VB DA VALE VBV 6198 27/9/2005 2,17 20 PRATA 747
HUPE VB DA VALE VBV 6405 22/11/2005 2,04 24 BRONZE 323
HERCO VB DA VALE VBV 6173 17/9/2005 1,83 31 BRONZE 481
HEROICO VB DA VALE VBV 6191 20/9/2005 1,71 36 BRONZE 743

Fonte: PMGZ/ABCZ

CEP 2006: Produtos nelore indicados da Fazenda Vale do Boi

CEP 2006

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS CRIADORES DE ZEBU
CEP – CERTIFICADO ESPECIAL DE PRODUÇÃO – 2006
PRODUTOS CANDIDATOS AO CEP – CATEGORIA NACIONAL – SAFRA 2004
Criador: EPAMINONDAS DE ANDRADE Faz. Vale do Boi Raça: NELORE – PO
Nome do Animal Pai Avô Materno RG Dt. Nasc. IQG %TOP CEP #
FÊMEAS
FALCA VB DA VALE VBV 5385 4/4/2003 3,89 1 OURO 15
FAMOSA VB DA VALE VBV 5409 16/4/2003 3,54 2 OURO 397
FAVORITA VB DA VALE VBV 5421 23/4/2003 3,28 0,5 PRATA 406
FALERA VB DA VALE VBV 5395 7/4/2003 3,13 4 PRATA 494
FALTA VB DA VALE VBV 5393 7/4/2003 2,97 2 BRONZE 458
FORMA VB DA VALE VBV 5622 12/11/2003 2,83 7 BRONZE 393
FACADA VB DA VALE VBV 5334 20/3/2003 2,53 3 BRONZE 658
FABIANA VB DA VALE VBV 5325 17/3/2003 2,40 4 BRONZE 707
FACHA VB DA VALE VBV 5341 21/3/2003 2,32 16 PRATA 207
FACULA VB DA VALE VBV 5352 24/3/2003 2,17 21 BRONZE 270
MACHOS
FASTO VB DA VALE VBV 5464 17/9/2003 6,13 0,1 PLATINA 13
FEUDAL VB DA VALE VBV 5511 26/9/2003 5,48 0,1 PLATINA 3
FERID VB DA VALE VBV 5494 23/9/2003 4,62 0,1 OURO 392
FARUK VB DA VALE VBV 5413 17/4/2003 4,55 0,1 PLATINA 45
FABRO VB DA VALE VBV 5333 20/3/2003 4,25 0,5 PLATINA 140
FILAO VB DA VALE VBV 5551 14/10/2003 4,22 0,5 OURO 235
FACIL VB DA VALE VBV 5344 22/3/2003 4,18 0,5 PLATINA 52
FILANTE VB DA VALE VBV 5535 4/10/2003 4,05 0,5 PRATA 510
FARNE VB DA VALE VBV 5462 17/9/2003 4,00 0,5 OURO 274
FALCAO VB DA VALE VBV 5372 31/3/2003 3,90 1 OURO 347
FAMOSO VB DA VALE VBV 5386 4/4/2003 3,89 1 OURO 134
FANCO VB DA VALE VBV 5445 13/9/2003 3,55 3 PLATINA 87
FALLON VB DA VALE VBV 5383 3/4/2003 3,53 2 BRONZE 319
FIDO VB DA VALE VBV 5521 29/9/2003 3,51 2 OURO 253
FATO VB DA VALE VBV 5424 24/4/2003 3,38 3 PRATA 545
FAROL VB DA VALE VBV 5401 11/4/2003 3,35 3 PRATA 174
FLAP VB DA VALE VBV 5550 14/10/2003 3,33 3 OURO 255
FANTASTICO VB DA VALE VBV 5388 4/4/2003 3,31 3 PRATA 553
FLORO VB DA VALE VBV 5580 29/10/2003 3,20 4 BRONZE 715
FENICIO VB DA VALE VBV 5480 20/9/2003 3,19 4 PRATA 175
FACEIRO VB DA VALE VBV 5340 21/3/2003 3,10 4 PRATA 743
FLAMO VB DA VALE VBV 5566 17/10/2003 3,00 5 PRATA 724
FALUDI VB DA VALE VBV 5396 10/4/2003 2,95 6 PRATA 35
FALERNO VB DA VALE VBV 5375 31/3/2003 2,92 6 BRONZE 438
FARO VB DA VALE VBV 5410 16/4/2003 2,89 6 BRONZE 594
FALIJO VB DA VALE VBV 5440 12/9/2003 2,89 6 PRATA 831
FABELO VB DA VALE VBV 5329 17/3/2003 2,77 8 PRATA 420
FENOTIPO VB DA VALE VBV 5491 23/9/2003 2,67 9 PRATA 668
FIDALGO VB DA VALE VBV 5519 29/9/2003 2,54 12 BRONZE 28
FAZY VB DA VALE VBV 5415 18/4/2003 2,49 13 BRONZE 578
FOGO VB DA VALE VBV 5605 3/11/2003 2,42 14 PRATA 785
FALCAO VB DA VALE VBV 5335 20/3/2003 2,30 17 BRONZE 816
FAVORY VB DA VALE VBV 5499 24/9/2003 2,23 19 PRATA 590

Fonte: PMGZ/ABCZ

Shopping Vale do Boi 2006 (Revista Canal Lagoa)

Nos dias 08 e 09 de abril, aconteceu em Araguaína (TO), na Fazenda Vale do Boi, de Epaminondas de Andrade, o Shopping Vale do Boi. Foram disponibilizados 100 lotes de reprodutores e matrizes Nelore.

O gerente de produto Corte/Zebu da Lagoa, Ricardo Abreu, marcou presença ao lado de André Carreira, consultor de vendas da Central na região. “A fazenda, comandada por Epaminondas e seus filhos, Ricardo e Paulo, desenvolve um trabalho de seleção referência no norte do Tocantins. Podemos observar progênies destacadas de touros já conhecidos, como Marisco, Marel e Maghaiver. Os lotes de maior liquidez foram de filhos de touros da Central”, informa Abreu.

 

http://www.lagoa.com.br/canal/upload/canalmaio06.pdf

Quando dizer adeus aos touros

Com o fim da estação de monta, é aconselhável que os touros sigam para um pasto próprio, para um merecido descanso. “Se trabalharam bem na fase de acasalamento, estarão com condições corporais demandando cuidados e merecerão mesmo alguma suplementação alimentar”, comenta o pesquisador da área de Genética Aplicada da Embrapa Gado de Corte Antônio do Nascimento Rosa.

Rosa salienta, porém, que logo após a recuperação eles devem ser avaliados. De acordo com o resultado dos exames, se comprovada alguma deficiência, devem ser substituídos no rebanho o mais rapidamente possível. A idéia é que isto seja feito cedo para aproveitar a maior facilidade de venda para animais jovens. “Para reprodução, quanto mais novo um touro, mais fácil de ser vendido ou trocado; para abate, quanto mais velho, mais difícil será conseguir um bom acabamento de carcaça”, justifica o técnico. Além disso, a rapidez no descarte evitará que se trate do animal, durante meses, para eliminá-lo nas proximidades da nova estação de monta.

Rosa elenca os quesitos a se levar em conta na avaliação dos reprodutores: libido, fertilidade, condição dos aprumos dianteiros e traseiros, conformação frigorífica e valor genético, ou seja, a capacidade de transmitir suas características à progênie.

A idade para substituição dos touros também é quesito importante, pois se evita que venham a cobrir as próprias filhas. Um animal de qualidade comprovada deve ser mantido na propriedade, porém, o criador deve tomar os devidos cuidados para evitar acasalamentos consangüíneos.

Na Fazenda Vale do Boi, em Araguaína, TO, o pecuarista Epaminondas de Andrade mantém os reprodutores, em média, por dois anos no plantel. Diz que o procedimento facilita a comercialização. Estão excluídos da regra os touros que, após esse período, geraram progênies comprovadamente superiores às de suas contemporâneas. Sobretudo no que se refere à produção de matrizes boas criadeiras. “Claro que avaliamos a performance do touro durante a monta e sua condição corporal, mas não dá pra avaliar somente no olho. Após o serviço, selecionamos nossos reprodutores em função de seu valor genético, com ênfase em habilidade materna”, explica o criador. E confirma que o procedimento acontece logo após o término da estação.

A reportagem “Quando dizer adeus aos touros” foi escrita pelo repórter Gualberto Vita para a Revista DBO, em abril de 2006
http://www.portaldbo.com.br/noticias/DetalheNoticia.aspx?notid=34895

Nas Pistas

Estadão.com , suplemento agrícola, Jun 2002

Vale do Boi – A Agropecuária Jacarezinho, de Valparaíso (SP), participará do Leilão Vale do Boi, sábado, em Araguaína (TO), com a oferta de 20 touros, selecionados para atender ao mercado do Norte e Nordeste. Também estarão no remate a Agropecuária Canadá e a Sol Nascente, com a oferta de 70 touros e 20 novilhas. (0–18) 3401-9300.

http://www.estado.estadao.com.br/suplementos/agri/2002/06/12/agri015.html

Tocantins promove leilão de nelore

Gazeta Mercantil OnLine Nov 2001

No próximo sábado, os pecuaristas do Tocantins terão mais uma oportunidade de adquirir animais da raça nelore dos selecionadores Emerson Fonseca, da Fazenda Sol Nascente, no município de Peixe, e Anísio Francisco Silva, Fazenda Canadá, em Figueirópolis. Depois de promoverem seus plantéis em leilões individuais no primeiro semestre, agora os criadores se juntarão para realizar o 2º Leilão Nelore a Campo de Reprodutores Registrados Livro Aberto (LA). Ofertas O evento ocorrerá no Tattersal do Parque de Exposições Antônio Lisboa da Cruz, em Gurupi, a partir das 12h. Os interessados em adquirir os animais poderão conferir o gado a partir das 10h30. Serão ofertados 150 reprodutores mocho e padrão, entre 26 e 28 meses, com exame andrológico, que comprova a fertilidade do touro. Além das duas fazendas tradicionais na seleção de nelore no Sul de Tocantins também participarão como convidados os criadores Eugênio Menucci, Jurgen Fleischer e Waldofredo de Paula, de Gurupi, e a Fazenda Vale do Boi, de Araguaína. “Será o maior leilão de touros de Tocantins, em número de touros”, diz Emerson Fonseca. Na primeira edição do leilão, realizada em dezembro de 2000, foram vendidos 120 animais, com uma média de preço de R$ 1,9 mil. Alguns chegaram a R$ 3,5 mil. Este ano a expectativa é que a média se iguale ou supere à de 2000. O valor dos animais será parcelado em 14 vezes pelos próprios criadores e também haverá financiamento, pela primeira vez neste leilão, do Banco do Brasil. De acordo com Fonseca, o mercado está carente de touros devido ao crescimento este ano entre 15% e 20% do número de matrizes na região compradas através de linhas de crédito dos bancos oficiais. A demanda em Tocantins, segundo os cálculos do pecuarista, é entre dois mil e três mil reprodutores por ano. E para ele a vantagem do LA é ter preços mais acessíveis, cerca de dois terços do valor de um PO, e qualidade na cobertura da vacada. Seleção Este ano, Fonseca afirma que o leilão terá uma tourada mais homogênea, fértil e precoce. Fruto do trabalho de melhoramento genético desenvolvido nos plantéis das duas fazendas. Na Sol Nascente são aplicadas as técnicas de inseminação artificial e transferência de embriões e futuramente haverá também fertilização in vitro. Na Fazenda Canadá, o trabalho de seleção do gado nelore começou há uma década e para imprimir mais qualidade ao rebanho há cerca de três anos teve início um programa de acasalamento, uma técnica em que a escolha do sêmen para a inseminação é individualizada e indica o melhor reprodutor para cada fêmea. Com a parceria, os criadores levarão mais qualidade a pecuaristas do Tocantins, além de compradores do Mato Grosso, Maranhão e Pará, que também são esperados. E no dia 8 de dezembro os selecionadores repetirão a dose. Para esta data está programado um novo leilão LA, nos mesmos padrões que o do dia 10 de novembro. (apinheiro@gazetamercantil.com.br)

http://200.246.213.33/regionais/mt/jornal/13727.htm

Leilão Vale do Boi ed. 2000

Estadão.com Jun 2000
Vale do Boi – A Agropecuária Jacarezinho, de Valparaíso (SP), participará do Leilão Vale do Boi, sábado, em Araguaína (TO), com a oferta de 20 touros, selecionados para atender ao mercado do Norte e Nordeste. Também estarão no remate a Agropecuária Canadá e a Sol Nascente, com a oferta de 70 touros e 20 novilhas. (0–18) 3401-9300.
http://www.estado.estadao.com.br/suplementos/agri/2000/06/14/agri024.html